Fenasul/Expoleite espera número menor de animais por conta da estiagem

Fenasul

Entre 17 e 21 de maio o Parque de Exposições Assis Brasil abre os portões para a 16ª Fenasul e a 44ª Expoleite. As exposições são as primeiras a ocorrer após o governo estadual ter confirmado sua inserção permanente no calendário oficial de eventos do Rio Grande do Sul. Previstos anualmente para o terceiro final de semana de maio, os eventos trazem uma pecuária de leite resiliente e vencedora após o terceiro ano de safra cultivada sob estiagem.

Segundo o presidente da Associação dos Criadores de Gado Holandês do Rio Grande do Sul (Gadolando), Marcos Tang (foto), a expectativa é receber em torno de cem exemplares da raça Holandesa, 80 da Jersey e 70 das raças Gir e Girolando.

“Tivemos que apertar o sapato. Muitas vacas não conseguiram representar seu esplendor. A estiagem influenciou na apresentação do gado jovem e no número de participantes”, explica.

O cenário de escassez na alimentação para o gado também trouxe dificuldades ao deslocamento de expositores, pois, em maioria, pertencem à agricultura familiar. “Participar de uma feira envolve custo. Além da estiagem, temos dificuldade de mão de obra. Os criadores precisam ter equipe lá fora e aqui no parque”, detalha o dirigente

É sob este cenário de superação que os organizadores mobilizam-se ao máximo para garantir intensa programação e trazer novidades ao público. A agenda está por conta do grupo formado por Gadolando, Federação da Agricultura do Estado do Rio Grande do Sul (Farsul), Prefeitura de Esteio, Federação das Associações de Criadores de Animais de Raça (Febrac), Federação dos Trabalhadores na Agricultura Familiar no Rio Grande do Sul (Fetag- RS) e Associação Gaúcha de Professores Técnicos de Ensino Agrícola (AGPTEA).

Uma das novidades é a integração das atividades entre os criadores das quatro raças leiteiras presentes ao evento. Além de premiações em conjunto para congregar criadores, a edição deste ano elegerá a Grande Campeã Suprema Multiraças. A vaca será escolhida por um colegiado de juízes entre todas as que alcançaram o grande campeonato.

As atrações culturais ficarão a cargo da Prefeitura de Esteio, com rodeio, apresentações de danças típicas gauchescas, participação dos Centros de Tradições Gaúchas (CTGs) e comércio. A aguardada Feira da Agricultura Familiar também se fará presente, com oferta de produtos típicos coloniais e artesanais. O concurso leiteiro organizado pela Gadolando terá seu ápice no dia 18 de maio com o tradicional banho de leite nos criadores cujas vacas sagraram-se campeãs.

Fonte: Gadolando

Abrir bate-papo
1
Escanear o código
Olá 👋
Podemos ajudá-lo?